Inclusão Social na Areia e no Mar

Escrito por -
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

A série de férias de verão do Mundo Beelieve foi tão inspiradora!

Não faltou diversão no Facebook e no Instagram, muita inspiração com as dicas para os pais da Beeatriz e a linda história de romance do Bartolomel.

E nesse clima de verão, achei uma notícia tão polinizadora que resolvi compartilhar com vocês:

A cidade de Ilhabela, um lugar lindo e com muitas praias, iniciou nessa temporada uma iniciativa incrível de inclusão social disponibilizando em suas praias “cadeiras de rodas anfíbias”, com pneus que não afundam na areia e flutuam na água.

No total, 14 dessas cadeiras estão disponíveis nas seguintes praias:

  • Praia Grande (sul), no Quiosque Taka Taka
  • Praia das Pedras Miúdas (Ilha das Cabras), na DK Sup
  • Praia dos Castelhanos, no Quiosque Canto do Gato e Restaurante do Alemão
  • Praia da Armação (norte), na BL3
  • Praia do Bonete, com o guarda-vida
  • Praia do Perequê, na Caiçara Turismo
  • Praia da Garapocaia (Aluguel de Pranchas)

Qualquer pessoa com deficiência, temporária ou permanente de mobilidade, pode utilizar as cadeiras, mas para isso é necessário estar com um acompanhante para conduzi-lo ao mar.

E, por isso, a Secretaria de Esporte da Cidade está com inscrições abertas para quem quiser ajudar! Basta entrar em contato pelo telefone (12) 3896-1765 ou 99714-3830.

Outras cidades do Brasil já haviam feito essa iniciativa antes, como Porto de Galinhas e Itanhaém, vamos torcer para que ainda mais cidades praianas sigam esses exemplos incríveis.

 

O Polen também ajuda várias causas ligadas a inclusão de pessoas com os mais diversos tipos tem deficiências, como a Fé e Alegria, Kibonoie, Fundação Dorina Nowill e AACG.

Quer ajudar? Então clique no botão abaixo, instale o aplicativo do Polen em seu Google Chrome e um percentual das suas compras em lojas virtuais será destinado a ONG que você escolher. Sem pagar nada a mais por isso.

Herói
Herói

Minha identidade são minhas atitudes. Não combato o crime ou enfrento palhaços malucos, mas com o meu raio polinizador ajudo a tornar o mundo melhor e cheio de mel. Também faço parte da equipe do Polen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *