Sistema Braille: Inclusão e Independência

Escrito por -
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

Na colmeia e no mundo dos humanos existem diversos tipos de datas comemorativas: têm aquelas religiosas, outras ligadas a fatos importantes e muitas de confraternização.

Mas também tem aquelas datas que as vezes passam quase despercebidas, o que é uma pena, porque deveriam ser comemoradas. Um exemplo, é o Dia Nacional do Sistema Braille, comemorado daqui a uns dias, em 08/04.

E se você ainda não sabe o que é o Sistema Braille, eu explico: esse é um sistema de leitura pelo tato, feito para ser usado justamente por quem tem dificuldade para enxergar, sejam pessoas com pouca visão e até cegos.

E sabe o que é bem legal? Como esse sistema surgiu. Ele foi criado por Louis Braille, que ficou cego com apenas 3 anos de idade. Aos 7, entrou no Instituto de Cegos de Paris, virando professor aos 18 anos.

Retrato de Luis Braille

 

Nesta mesma época, ele ouviu falar de um sistema criado por um oficial para se comunicar com suas tropas, em lugares onde acender luzes poderia ser perigoso, composto por pontos e buracos. Após muitas adaptações, Louis Braille publicou o sistema que leva o seu nome.

É claro que rapidamente a ideia se popularizou, com seus pontos em alto relevo que representam letras, pontuações, números, sinais matemáticos e notas musicais. Um total de 63 combinações diferentes.

“Sem livros o cego não pode aprender.” – Louis Braille

Parece difícil não é? E talvez até seja, mas também é muito importante. Com esse sistema de comunicação, muita gente tem a possibilidade de ter uma vida melhor, com mais inclusão, independência e auto-estima.

Provavelmente para quem não é cego isso passe despercebido, mas imagine um mundo sem o Braille? Seria horrível! Só no Brasil, 400 mil pessoas usam esse sistema para ler e se comunicar.

São pessoas que graças ao Braille podem aprender e viver suas vidas de forma independente, trabalhando, se divertindo e até mesmo se movimentando. Coisa simples, por exemplo, se um cego entra em um elevador sem o sistema, ele precisaria pedir ajuda para ir no andar que precisa. Já pensou que ruim?

Por isso, o dia 08/04 deveria ser celebrado, é uma data cheia de importância!

 

E é claro que O Polen também apoia causas polinizadoras, focadas em ajudar cegos e pessoas com baixa visão, como a Fundação Dorina Nowill e AACG.

Leia mais sobre a AACG aqui.

E você pode ajudar essas causas com o Raio Polinizador! Clique no botão abaixo, instale o aplicativo do Polen em seu Google Chrome e um percentual das suas compras em lojas virtuais será destinado a ONG que você escolher. Sem pagar nada a mais por isso.

Herói
Herói

Minha identidade são minhas atitudes. Não combato o crime ou enfrento palhaços malucos, mas com o meu raio polinizador ajudo a tornar o mundo melhor e cheio de mel. Também faço parte da equipe do Polen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *