A Decisão do Mahatmel

Escrito por -
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 Google+ 0 0 Flares ×

No topo de uma árvore, ao meditar enquanto sinto a brisa fria da tarde de outono, escuto um chamado:

– Mahatmel! – vem lá debaixo – Mahatmel!…

Calmamente, bato asas e desço.

– Mahatmel, a rainha Elizabeeth Mel-e-Lua gostaria de receber sua visita. Pode ir imediatamente?

Não é comum a rainha convocar uma Liebee, mas o que é comum hoje em dia?

 Posso, claro. Avise que estou a caminho.

Rapidamente o jovem mensageiro se retira, eu respiro fundo, observo a paisagem mais alguns minutos e começo meu voou até o favo real.

– Rainha Elizabeeth Mel-e-Lua, o sábio Mahatmel está aqui pra vê-la. Anuncia um conselheiro.

Eu entro no salão real, quase uma volta ao passado, na nova colmeia ele foi construído exatamente igual a sua versão passada, com poucos detalhes diferentes.

 Mahatmel, é um prazer revê-lo! Como vai?

 Estou bem, vossa alteza. E a senhora?

Especialmente bem no dia de hoje, em minha idade isso deve ser aproveitado com sabedoria.

Ela continuou:

Contudo, não convidei-lhe para falar de minha velhice, chamei você aqui por uma grande preocupação: percebo que após tanto tempo da construção da nova colmeia, o Mosteiro Favo de Mel ainda não foi reconstruído e portanto, gostaria de saber se precisa de ajuda com isso.

 Fique despreocupada, não preciso de ajuda com isso, o Mosteiro Favo de Mel não voltará a exist… – antes que pudesse terminar, fui interrompido.

Por que decidiu não reconstruí-lo? – Falou a Rainha – Esse lugar é muito importante para todas as Liebees de nossa colmeia, um lugar de aconselhamento e paz.

Eu me aproximei da rainha e com um suave voo pousei na sua frente:

 O mosteiro foi importante! – continuei – O local mais importante em minha vida, mas optei por deixa-lo para trás, pelo menos por enquanto.

Acho que você tem que pensar mais sobre isso, sábio Mahatmel! – disse a rainha, de forma firme – talvez não tenha percebido, mais uma nova geração de Liebees está crescendo em nossa colmeia, quer mesmo que elas cresçam sem o Mosteiro Favo de Mel?

 Rainha, entendo sua dúvida, mas responda-me: Para que um novo mosteiro seria útil, além do que foi o anterior?

Sem dúvida alguma seria muito útil, assim como foi o anterior. Mahatmel, não percebe que as Liebees precisam de um local de paz e também de seus conselhos?

 Podem precisar de meus conselhos, mas não precisam de mosteiros, palácios e grandes construções, rainha. Desculpe, mas reconstruir o mesmo salão real não melhora em nada nossa colmeia.

A ranha Elizabeeth Mel-e-Lua faz menção de falar, mas faço um gesto, pedindo que não me interrompa.

 Vossa alteza, as Liebees sempre terão meus conselhos, suas ideias prósperas ou mesmo as histórias incríveis do Bartolomel. Assim como muita polinização. Porém, a colmeia é feita de Liebees e não de construções, elas não significam nada sem esforço e mel de cada um. A paz do mosteiro está em todos os lugares, em cada favo ou jardim…

 Eu entendo… – respondeu a rainha – é sua decisão final, Mahatmel?

 Por agora é minha decisão, rainha. Antes mesmo de entrar aqui.

 Então venha morar no favo real, sob meu convite! – disse ela, estendendo a mão para mim – isso é algo que você não vai recusar.

 Rainha, eu já tenho onde morar…

 Eu imagino, mas aqui as Liebees podem te encontrar mais facilmente e você ainda pode aconselhar a nova rainha, que assumirá depois de mim, já que já estou velha. O que acha?

Pensei um pouco… aconselhar as novas gerações seria importante, como recusar?  Aceito o convite, obrigado Elizabeeth.

Retirei-me do salão real, precisava buscar minhas coisas para mudar-me para o favo real.

 Mahatmel, como vai? – encontro a princesa Anabeela Polina chegando ao favo real.

 Muito bem, princesa! – respondi – E você? Faz tempo que não nos falamos.

Estou ótima! Já está saindo?

 Sim, vou me mudar para o favo real, sua mãe me convidou.

Ah sim, ela me disse essa manhã que convidaria você – agora preciso ir… bem-vindo ao favo real.

E enquanto voava para buscar minhas coisas, cheguei a conclusão: essa rainha é bem mais sábia que eu.

 

Através das abelhas o Mundo Beelieve une ilustração e mensagens positivas! Tudo para gerar motivação para atos polinizador.

Mahatmel Favo
Mahatmel Favo

Anos de meditação me mostraram a real polinização. No mosteiro favo de mel ensino as outras Liebees a polinizar o mundo, nem sempre elas entendem, mas isso não me impede de polinizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *