Olá humanos,

Nossa colmeia existe há muito tempo. Nós, Liebees
(ou abelhas, como vocês, humanos, nos chamam),
tentamos viver a nossa vida de forma harmoniosa:
Polinizando, produzindo mel, estudando, trabalhando
e nos divertindo.

Eu achei que seria assim para sempre, exatamente como as gerações e rainhas anteriores também achavam. Recentemente, algumas de nossas Liebees começaram a sumir: saíam para colher pólen e não voltaram mais para a colmeia.

Como rainha, sei o quanto isso pode ser perigoso para a harmonia, motivação e paz de todos. Por isso, concentrei nossos esforços em achar as Liebees perdidas e, infelizmente, muitas delas foram achadas já sem vida.

Após muitas pesquisas do Centro de Ciências da Colmeia (C.C.C), descobrimos o motivo dessa tragédia: O jardim, de onde colhemos nosso pólen, que é essencial para a vida das Liebees, havia sido atingido por um pesticida. Ao entrar em contato com ele, nós ficamos desorientadas e voamos para longe da colmeia.

Diante dessa situação, que pode significar o fim do nosso enxame, tomamos uma decisão: precisamos migrar para outro lugar! Tão longe quanto possível.

Porém essa decisão é arriscada, muitas das Liebees podem não conseguir chegar. O que também pode significar nosso fim.

Por isso, em nome do Mundo Beelieve e de todas as Liebees, criamos essa mensagem, para que vocês entendam o que estamos passando.

A Rainha Elizabeeth Mel-e-Lua

Antes de partir, voei pela colmeia. Cada canto e cada favo me trazem tantas lembranças batutas!

As brincadeiras pelas ruas da colmeia, o favo em que nasci, aquele outro onde estudei e até onde me casei. Quantas memórias bacanas a beça. Que tempos incríveis!

Sempre achei que até meu último dia estaria aqui, na colmeia. Voando, rindo, contando minhas histórias do arco da velha às Liebees mais jovens, que vi crescer.

Mas, hoje muitas dessas Liebees se perderam e não vão voltar! Vagaram sem rumo, sem saber chegar aos seus lares cheios de mel.

Que dia mais borocoxô para ser uma Liebee.

Já está quase tudo pronto para partirmos. Só falta escolher os livros que levarei, tantas histórias que ficaram para trás! Aguentar esse voo será dureza, mas tenho motivação a beça para voar e chegar a nossa nova colmeia.

Que toda a tristeza que sentimos agora, se torne o pólen que precisamos para começar novas histórias em um novo lugar.

Bartolomel Colmeia

Pq tudo isso está acontecendo com nossa colmeia? O que fizemos de errado? =/

Quando fiquei sabendo dos pesticidas pela Fabee, não acreditei que fosse verdade, parecia mentira.

Mas sim, as Liebees que eu encontrava td dia não apareceram +, grandes amigos sumiram. Fomos atingidos por essa tragédia.

E eu tive esperança q tudo se resolveria! Mas não aconteceu. Agora, precisamos partir em busca de um novo lar, tentar encontrar um novo lugar e sobreviver, aqui não teremos chance =(

Fico me perguntando, o pq dos pesticidas, parece q muitos humanos não ligam pra gente. Será q outras colmeias estão sendo atingidas por isso? Quantas já deixaram de existir?

Acho que eles sabem q somos pacíficas, q polinizamos e q isso é importante para todos. Seja Liebees, humanos e outros seres do planeta. Vamos sofrer com os pesticidas juntos? Será q eles também fazem mal as pessoas? Pq eles ainda os usam?

Agora precisa arrumar td e partir! Espero que até breve =)

Beeatriz Honey

A ordem foi dada e não temos como voltar atrás: devemos deixar a colmeia e procurar um outro lugar, caso a gente queira viver. Mais do que depressa, todas as Liebees começaram a arrumar as malas para se encontrar no centro da colmeia e partir.

Devo dizer que este não é um dos melhores momentos. Vejo-as tristes e nostálgicas. Essa não será uma viagem a lazer. Não temos outra escolha. A nossa história não pode terminar assim... ou pode?

Entre um zumbido e outro, sinto a insegurança de cada Liebee e também ouço as inúmeras perguntas... infelizmente, todas sem resposta.

Eis o nosso plano: nós vamos voar por aí, sem destino, apenas na companhia umas das outras. Nossa intuição vai nos dizer aonde vamos parar e a união será essencial para essa jornada. Com fé, todas nós, sem exceção, vamos chegar ao nosso destino.

E eu espero, de verdade, que este seja apenas um recomeço. Algumas mudanças são necessárias e um novo desafio nos espera. A esperança é a última que morre. Com muito esforço, nós vamos reconstruir nossa colmeia, ainda mais doce! Vamos seguir confiantes de que, amanhã, haverá um novo jardim a ser polinizado.

Agora, desculpem-me, mas preciso voar para arrumar as minhas coisas e partir. Desejam-nos sorte!

Fabee Doce-Mel

Após uma longa viagem de inspiração, retornei a colmeia… bz.

As ruas estavam praticamente vazias… bzz, os cafés, teatros e todos os lugares antes cheios estavam desertos. Pela janela dos favos, vi algumas Liebees assustadas e correndo… bbzz... arrumando suas coisas.

Não enxerguei em nenhum olhar a alegria de uma viagem… bbz.

  • Mahatmel - ouço alguém me chamar - Você está bem?
  • Estou… o que está havendo, Fabee? Por que a colmeia está vazia?
  • As Liebees estão sumindo! Um pesticida está no jardim, muitas voaram para longe e não voltaram. Achamos que você também não fosse voltar. - senti a tristeza na voz da minha amiga.
  • Estou bem! Só estava em viagem. O que posso fazer?
  • Arrume suas coisas! A colmeia vai partir, procurar outro lugar.

Volto ao Mosteiro Favo de Mel… bzz, tenho poucas coisas para levar e a mais pesada é a preocupação… bbz. Acharemos outro lugar?

Antes de voar, o sentimento das Liebees é de pesar, tristeza e saudades… bzz. Mas não é hora de pensar nisso… bz… o mosteiro se foi, mas meu trabalho como monge continua dentro de mim… bbzz… preciso arrumar novas inspirações e motivar as liebees nessa nova fase.

Mahatmel Favo

Tenho que correr e recolher as minhas coisas: capa, óculos e o raio polinizador, tudo em uma mochila! Em breve, vamos partir.

As Liebees sobreviventes começam a se reunir.

  • Não quero deixar a colmeia, gosto do meu lar, meus brinquedos, minha escola… - uma Liebee criança chora.
  • Eu me abaixo, olho em seus olhos e falo:
  • Hoje, isso é necessário! Vamos reconstruir tudo. Em um novo jardim, faremos nossa colmeia de novo, cada favo mais bonito.
  • Mas eu estou com medo! E se eu não conseguir?
  • Venha cá! - Afasto-me do grupo e aquela criança me segue. - Vou te dar uma coisa, mas é segredo. - tiro de minha mochila minha capa e meus óculos e coloco nela. - isso vai te deixar mais forte para voar, chegando na nova colmeia você me devolve. Combinado?

Aquela pequena Liebee retornou ao grupo, feliz e mais confiante.

Gostaria de ser o Herói que a colmeia precisa e sair pelo jardim purificando nossas flores dos pesticidas, mas não consigo, nenhuma Liebee consegue. Ainda sim, doando esperança, serei um Herói.

Liebee Herói

infográfico

infográfico

App polen fotos